sábado, 19 de maio de 2018


SPORT LISBOA E BENFICA

TRANSFERÊNCIAS PARA 2018/19



Yuri Ribeiro

Yuri Ribeiro mostrou-se satisfeito com o regresso ao Benfica, fazendo ainda um balanço positivo da época que alinhou por empréstimo no Rio Ave.
"O sentimento que tenho é de dever cumprido. Trabalhei muito para chegar aqui. Estou muito feliz por regressar ao Benfica. Agora é dar sequência ao trabalho feito. Já tinha muitas saudades deste clube. Tenho muito carinho pelo Benfica e sempre sonhei estar aqui. Sabia que ia ser uma época de esforço e de superação, de muito trabalho e sacrifício. Sabia que, se fizesse um bom trabalho, podia regressar a casa, que era um dos meus objetivos. Agora que estou aqui, é aproveitar e trabalhar ao máximo para conquistar muitas coisas", começou por referir, em declarações reproduzidas pelo site do clube da Luz.

"O Benfica B era um pouco diferente daquilo se espera na I Liga. Tentei aproveitar ao máximo, sabendo que tinha de trabalhar muito, nos limites. O Rio Ave ajudou-me a continuar esse processo da melhor maneira e hoje sou melhor pessoa e melhor jogador também", acrescentou.



O lateral-esquerdo apontou ainda os objetivos para a temporada que se avizinha e recordou a estreia pelas águias, lembrando ainda as palavras do irmão Romeu Ribeiro, que também representou o Benfica. "Quero mostrar trabalho, dar o melhor de mim. A exigência no Benfica é sempre muito grande. Estou preparado para dar o meu melhor, é isso que faço em todos os momentos e é isso que vou continuar a fazer", atirou.



"A minha estreia no Estádio da Luz nunca a vou esquecer. Aquele nervosismo inicial... Depois o jogo começou e os meus companheiros ajudaram-me muito. Jogar neste Estádio com tanta gente deixa sempre recordação. Mas quero olhar para o futuro e pisar mais vezes este relvado Pensei muito na minha família... Chegar até aqui e jogar neste estádio, onde o meu irmão [Romeu Ribeiro] já tinha jogado... É um sentimento de dever cumprido, mas também um olhar para o futuro, para trabalhar mais ainda e conseguir jogar mais vezes neste Estádio. Ele falava comigo e dizia-me que acreditava que eu também podia vir a jogar no Benfica. Nunca vou esquecer as experiências que ele me conta que passou no Benfica. Vai ficar muito feliz e orgulhoso quando eu entrar aqui, tal como os meus pais", afirmou

"Se queremos atingir nossos sonhos, temos de trabalhar muito. Para conseguir jogar aqui neste Estádio é preciso muito sacrifício. O que vou fazer desde o primeiro dia é trabalhar no máximo para atingir todos os objetivos", reiterou.



Tyronne Ebuehi

O Benfica oficializou a contratação do lateral direito Tyronne Ebuehi. O internacional nigeriano, de 22 anos, chega proveniente do Den Haag, da Holanda e assinou um contrato com a duração de cinco anos.





«É um sentimento de grande felicidade poder estar aqui num clube desta dimensão. É um sonho tornado realidade, um grande passo que dou na minha jovem carreira», começou por dizer em declarações aos canais oficiais do clube.




«O Benfica é um grande clube, com excelentes condições. É conhecido em todo o mundo. O facto de estar sempre nos grandes palcos, foi muito aliciante para mim. Na verdade, foi bem fácil escolher o Benfica. Sei também que nos últimos anos tem sido campeão e tem tradição na Europa. É um grande clube», vincou, antes de deixar a garantia:


- De mim, os adeptos podem esperar trabalho. Quero ajudar a equipa a lutar pelos seus objetivos.


Pré-convocado para o Mundial de 2018, Ebuehi disse ainda esperar entrar na lista definitiva da Nigéria: «Oxalá que possa disputar o Mundial. É o sonho de qualquer jogador. Espero estar na Rússia.»



Odysseas Vlachodimos


O guarda-redes alemão, de 24 anos, assinou contrato por cinco temporadas e revelou que antes de aceitar o convite dos encarnados aconselhou-se com o grego Mitroglou

Odysseas Vlachodimos é o primeiro reforço do Benfica para a próxima época. O guarda-redes de 24 anos foi ontem apresentado oficialmente, depois de fazer os exames médicos e assinar contrato válido por cinco temporadas.



Com 1,91 metros de altura, este jogador nascido em Estugarda, na Alemanha, para onde os pais de origem grega emigraram em 1960, foi formado no clube da sua cidade, de onde saiu apenas em janeiro de 2016 para representar o Panathinaikos. Chega agora à Luz a troco de 2,4 milhões de euros, de acordo com o relatório e contas do primeiro semestre de 2017-18.

"Falei com o Kostas Mitroglou e ele disse-me que o Benfica é um clube fantástico e que vou gostar de estar aqui", revelou Vlachodimos em declarações à BTV, onde comentou o facto de ter sido considerado o melhor guarda-redes da Liga grega. "Tento sempre dar o meu máximo em campo. Para mim foi importante a ajuda dos meus companheiros, treinador e clube para ganhar este prémio", disse.




Vlachodimos ainda não escolheu o número que irá envergar no Benfica, mas já avisou que na camisola quer ter o seu primeiro nome. "Escolhi ter Odysseas estampado na camisola porque é um nome mais fácil de pronunciar", explicou, revelando estar "muito feliz" por representar "um clube muito grande, com grandes adeptos, com um estádio muito bom e que nos últimos anos tem estado na Champions".

Vlachodimos é internacional alemão dos sub-15 aos sub-21 e foi apontado como uma das grandes esperanças do futebol daquele país. No entanto, no Estugarda apenas fez três jogos na equipa principal, tendo por isso saído para o Panathinaikos, onde depressa se tornou titular indiscutível, contabilizando 61 jogos em duas épocas e meia na baliza do clube de Atenas.

Vlachodimos vai agora lutar pela titularidade na Luz, preenchendo uma vaga deixada em aberto pelo brasileiro Júlio César, que deixou o clube em dezembro. Em janeiro, a SAD encarnada ainda chegou a ponderar a antecipação do ingresso de Vlachodimos, que nessa altura tinha um acordo com o Benfica para a próxima época. À partida, o terceiro guarda-redes alemão da história do Benfica irá ter como concorrentes Bruno Varela e Mile Svilar. Contudo, ainda não é certo que estes dois jogadores se mantenham na equipa, pois Svilar poderá ser emprestado e existe a possibilidade de Varela ser vendido se surgir uma boa proposta.



Já contratados a aguardar chegada a Lisboa para assinarem contrato



Germán Conti


Acordo total, o Benfica assegurou a contratação de Germán Conti, defesa-central do Colón, clube do principal campeonato da Argentina. A chegada do jogador a Portugal está prevista para a próxima semana, colocando assim um ponto final numa novela que chega ao fim com o clube encarnado a assegurar o reforço da defesa.
O custo total da operação é de 4,4 milhões de euros, impostos incluídos. A totalidade do passe de Conti fica pelos 3,5 milhões.



Há muito referenciado pelas águias, o italo-argentino chegou a fazer parte das cogitações do rival Sporting na última temporada, mas os valores em causa acabaram por determinar que não fizesse parte das opções de Jorge Jesus em 2017/18.



Conhecido pela rapidez e bom jogo de cabeça, o defesa de 1,93 metros irá juntar-se a Rúben Dias, Luisão, Jardel e possivelmente Ferro, capitão da equipa B das águias, cujo projeto futuro passa por integrar a equipa principal. Deste lote, apenas Luisão termina contrato no final da época, embora tenha um acordo verbal com Luís Filipe Vieira para continuar durante mais um ano a liderar o balneário. Vieira, de resto, disse várias vezes que o brasileiro terá sempre as portas do Benfica abertas.




Nicolás Castillo



CASTILLO JÁ ESTÁ EM LISBOA PARA ASSINAR PELO BENFICA

Nicolás Castillo já se encontra em Lisboa para assinar pelo Benfica. O avançado chileno não prestou declarações na chegada à capital portuguesa, mas está feliz conforme revelou o empresário Alejandro Santiesteban. 

À espera, Castillo tinha um funcionário do Benfica que o levará às instalações do clube para cumprir formalidade e assinar nas próximas horas um contrato válido por cinco épocas. 

O jogador de 25 anos que na época passada representou os mexicanos do Pumas deverá representar um investimento de 6,8 milhões de euros ao Benfica.





EM NEGOCIAÇÃO



FACUNDO FERREYRA



FACUNDO FERREYRA CONFIRMA ADEUS AO SHAKHTAR: «TENHO VÁRIAS PROPOSTAS, VAMOS VER...»




O avançado argentino Facundo Ferreyra, de 27 anos, confirmou, esta segunda-feira, estar de malas feitas para abandonar o Shakhtar Donetsk, clube ucraniano treinado por Paulo Fonseca. Como a edição impressa de A BOLA avançou no passado dia 12 de maio, o Benfica está muito próximo de assegurar Ferreyra, em fim de contrato com os ucranianos, para a frente de ataque da próxima época.



«Sim, confirmo que vou sair do Shakhtar, mas ainda não posso dizer por que clube vou assinar. Gosto das ligas italianas e espanhola mas há várias propostas neste momento, vamos ver...», disse o sul-americano, autor de 30 golos em 42 jogos pela equipa de Paulo Fonseca nesta última temporada.



Aarón Martín Caricol



Benfica tenta baixar o preço de Aarón Martín, lateral-esquerdo do Espanyol, de 21 anos.


O Benfica encarnados já se colocaram em campo para tentarem garantir o melhor posicionamento na hora de atacar os serviços do jogador. Para já, está agendada para dentro de duas semanas uma reunião entre responsáveis das águias e dirigentes do emblema catalão, no qual também deverão marcar presença os representantes do jogador. E é aqui que, de acordo com as informações recolhidas pelo nosso jornal, o clube da Luz tentará desde logo tomar o pulso à abertura dos espanhóis para baixar as pretensões pelo canhoto.






SAÍDAS


Talisca

TALISCA RUMA A INGLATERRA
Manchester United, como A BOLA revelou a 14 de março, é o principal candidato a contratar Anderson Talisca, mas não é o único clube inglês interessado no avançado brasileiro de 24 anos.


O treinador do Besiktas, Senol Gunes, confirmou, ontem, a partida do jogador emprestado pelo Benfica, pelo qual o clube de Istambul não tem capacidade para pagar €21 milhões da cláusula de compra. E o técnico até foi mais longe ao afirmar que Talisca já tinha tudo acordado com o novo clube desde janeiro, levantando um pouco o véu e anunciando-o em Inglaterra num clube rival ao do avançado turco Çenk Tosun, que joga no Everton. Ora o eterno rival do Everton é o Liverpool, mas é o Man. United que tem um acordo de cavalheiros para a transferência de Talisca com o Benfica, num negócio de €40 milhões.



Senol Gunes esclareceu que o avançado brasileiro não jogará no Wolverhampton, ao qual foi associado muitas vezes. «Não pensem em equipas pequenas, pensam em equipas grandes», disse o treinador.






Actualizado em 21/5/18 - 17.30 h



domingo, 8 de abril de 2018

HOJE FAZ ANOS

SOKOTA


Šokota assinou contrato com o FC Porto depois de sair do SL Benfica, onde jogou entre 2001 e 2005. Antes jogou quatro épocas no seu país de origem no Dinamo Zagreb e foi o melhor marcador do campeonato croata em 2000 e 2001. Šokota jogou três jogos pela selecção nacional da Croácia no Euro 2004 em Portugal. No total já conseguiu um total de oito internacionalizações e dois golos pela Croácia.



No final de 2004, e após recusar todas as propostas de renovação de contrato por parte do Benfica, Šokota foi relegado para a equipa B (equipa de reservas), onde acabou por jogar o resto da época de 2004/2005. Em Junho de 2005, depois do seu contrato com o Benfica finalmente acabar, assinou com os eternos rivais FC Porto a custo zero. Šokota tem sido perseguido por lesões graves desde que joga em Portugal, tendo realizado quatro intervenções cirúrgicas. Depois de assinar pelo FC Porto, a sua primeira lesão aconteceu no início da época 2005/2006, tendo apenas voltado a jogar um jogo oficial na última jornada na Liga Portuguesa dessa época. No início da pré-época 2006/2007 sofreu outra lesão grave tendo voltado a jogar apenas em 4 de Fevereiro de 2007, entrando como substituto na derrota em casa do FC Porto frente ao Estrela da Amadora por 0-1.



Em Março de 2006 assina pelo clube do coração, o NK Dinamo Zagreb, pondo assim fim a aventura portuguesa, onde demonstrou qualidade mas nunca conseguiu fugir ao azar das lesões.


Em Julho de 2009 Šokota mudou-se para a Liga Belga, assinando um contracto com o Lokeren.

Em Agosto de 2010 foi emprestado ao Olimpija Ljubljana para a temporada 2010/2011.


MOMENTOS



sábado, 31 de março de 2018

HOJE FAZIA ANOS

EUGÉNIO SALVADOR

ETERNOS E SAUDOSOS PARABÉNS

EUGÉNIO SALVADOR




EUGÉNIO SALVADOR Marques da Silva. Actor, Bailarino, Dramaturgo e Encenador português. Nasceu em Lisboa, a 31-03-1908, e faleceu a 01-11-1992. Era filho de Luís Salvador Marques da Silva e de Eugénia Maria Dias. Foi futebolista do Sport Lisboa e Benfica, tendo alinhado nas camadas jovens e nas reservas do clube.



Optou depois por seguir a carreira de Actor, tendo completado o Curso do Conservatório. Em 1928, terminou o Curso de Arte de Representar do Conservatório Nacional de Lisboa. Estreou-se na peça O Grão de Bico, no Teatro Maria Vitória. Além de ter actuado em quase todos os teatros portugueses como encenador, director de cena, bailarino, ensaiador coreográfico e artista de variedades, fez, também, várias digressões no estrangeiro (Brasil, Moçambique, Angola) e outros países, integrado em diversas companhias.

Eugénio Salvador Trabalhou amiudamente em cinema, tendo-se estreado em Lisboa, Crónica Anedótica (1930), de Leitão de Barros, a que se seguiram prestações em Maria Papoila (1937), também de Leitão de Barros, Fado, História Duma Cantadeira (1948) e Sonhar É Fácil (1951), ambos de Perdigão Queiroga, Eram Duzentos Irmãos (1952), de Constantino Esteves e A Maluquinha de Arroios (1970), de Henrique Campos. Permaneceu activo no Teatro de Revista até 1988, ano em que se retirou definitivamente. As suas últimas aparições artísticas foram feitas no programa televisivo Herman Circus (1990) e no filme Aqui D’El-Rei (1992), de António Pedro Vasconcelos.

O seu nome faz parte da Toponímia de: Almada (Freguesia da Charneca de Caparica), Amadora, Cascais (Freguesia da Parede), Lisboa (Freguesia de Carnide, Edital de 07-09-1993), Montijo, Seixal, Odivelas (Freguesia da Pontinha), Oeiras


Épocas  completas no Benfica: 6
Total de Jogos pelo Benfica: 43
Total  de Golos pelo Benfica: 18
Títulos pelo Benfica: 2

É de salientar, a titulo de curiosidade que foi ele quem marcou o primeiro golo no estádio das Amoreiras.