sexta-feira, 2 de setembro de 2016

GRANDES NOMES

ARMANDO SÁ



Armando Sá nasceu em Moçambique, a 16 de Setembro de 1975. Hoje, completa 27 anos de idade e é o lateral-direito do nosso clube. Em Portugal, começou a jogar no Belenenses. Chegou à I divisão em 1998/99. O Rio Ave foi descobri-lo no Vila Real, da II B, que por sua vez o tinha ido buscar a Bragança, na temporada 96/97.

Após ter passado três anos ao serviço do Rio Ave, Armando continuou a sua carreira mas no Braga, onde encontrou um lugar difícil de conseguir, dado que José Nuno estava de pedra e cale no “onze” do Braga.

Mas Armando, conhecido como sendo um jogador lutador, reuniu forças e deu tudo por tudo nos treinos para garantir a confiança do técnico bracarense, Manuel Cajuda.

O técnico do Sporting de Braga, conhecia bem o potencial deste jogador e deu-lhe uma oportunidade. Armando agarrou-a e até então foi marcando pontos.

Depois de estar em Braga, a próxima cidade que estava no horizonte de Armando, parecia ser Lisboa, dado que o Benfica mostrou interesse na sua aquisição.


Em Braga, Armando jogou em 17 jogos, só perdeu uma partida por castigo. Pouco faltoso, é notado pela vocação ofensiva. Muito correcto, viu um amarelo na 11ª jornada, frente ao Varzim, por um falta feia. Foi expulso perante o Vitória de Setúbal, com dois amarelos. Em ambas as partidas a sua equipa empatou sem golos.

O Benfica decidiu então rumara até Braga para trazer Armando Sá para a Luz. Juntamente com o jogador, veio Tiago que também esteve envolvido numa operação relâmpago que causou um «crash» no clube minhoto. Armando assinara um contrato válido por quatro temporadas com o clube da águia.

A 15 de Janeiro de 2002, Armando Sá entrava na sala de imprensa do Estádio da Luz para se apresentar de águia ao peito.

«Ainda estou abalado», foram as primeiras palavras de Armando, relativamente à sua transferência relâmpago para a Luz. A contratação deste jovem jogador ao Sporting de Braga deixou-o surpreendido. O n.º 31 dos «encarnados» afirmara mesmo: «Apanhou-me desprevenido, ainda não tenho os pés bem assentes na terra.

«Quero ser reforço e ajudar o Benfica a ser campeão. Ainda estamos a tempo», garantiu, optimista. Armando queria de imediato jogar, dado que estava pronto para suar a camisola do Benfica: «Estou apto a jogar, isso vai depender da equipa técnica. O meu objectivo é ganhar a confiança do treinador.»


Armando via-lhe ser realizado um sonho – jogar num grande – e fez questão de o frisar: «Tenho trabalhado ao longo de todos estes anos para um dia jogar numa equipa como o Benfica. É um clube muito grande, a responsabilidade é enorme, mas vou trabalhar com muita humildade para agarrar a oportunidade.»

Armando parece de facto ter aproveitado a primeira oportunidade de Jesualdo Ferreira e segurou um lugar no “onze” benfiquista. Nesta última partida o lateral não jogou, mas por lesão. De resto o jogador tem sido a primeira opção do técnico para aquele sector do terreno de jogo. Aramando conhecido também pelos seus «rasgos» atacantes pelo corredor direito, luta sempre até às ultimas instâncias e encara todos os jogos como grandes desafios.

Armando Sá chegou mesmo a ser a figura de um «derby» lisboeta, devido à marcação de uma penalidade contra o Benfica por alegada falta do jovem lateral. O jogador estava dentro da área benfiquista e tocou na bola com o braço, mas Armando contestou a atitude do árbitro da partida: «O árbitro marcou injustamente o penalty. Podem ver as imagens: estou de costas e nem vejo a bola. Saltei, mas não posso jogar sem braços. Não somos matraquilhos, temos membros. Quando se salta o nosso corpo é assim», disse o defesa «encarnado».

Armando já faz parte do Benfica e o Benfica já faz parte de Armando. Hoje o jogador completa 27 anos de idade e a equipa do SL-Benfica.com deseja-lhe muitas felicidades e envia-lhe os sinceros parabéns!
Força Armando!