quarta-feira, 8 de junho de 2016

ÉPOCA DE 1965/66

PLANTEL


José Augusto, Cruz, Coluna, Torres, Eusébio, Simões, Cavem, Augusto Silva, Germano, Costa Pereira, Raul Machado, Ferreira Pinto, Nélson, Jacinto, Melo, Serafim, Pedras, Yaúca, Neto, Nascimento, Guerreiro, Calado, Humberto Fernandes, Santana, Loio, Severino

TREINADOR

BELLA GUTMANN

MELHOR MARCADOR

EUSÉBIO - 38 GOLOS

RESULTADOS


CRÓNICA DA ÉPOCA


Uma das leis não escritas do futebol português nos anos sessenta e primeira metade da década seguinte "ditava" que a cada quatro anos o Sporting tinha de ser campeão. Em jeito de brincadeira dizia-se que havia um acordo entre leões e águias.

O Benfica vencia três campeonatos e o Sporting vencia um, impedindo sempre o rival de igualar o recorde do tetra leonino conquistado pelos leões nos anos 50.

Em 1966, ano em que os Magriços fariam furor em Inglaterra, o Sporting «roubou» o título, vencendo com mais um ponto de vantagem que os benfiquistas, muito por obra da vitória na Luz (2x4), o famoso jogo em que Lourenço marcou quatro golos ao velho rival. 


FOTOS 


VIDEOS

CAMPEONATO - BENFICA 2 - SPORTING 4


T.C.E. - BENFICA 1 - MANCHESTER 5


SANTOS 4 - BENFICA 0

DIVERSOS