domingo, 22 de maio de 2016

ÉPOCA DE 1953/54

PLANTEL


Rogério, Joaquim Teixeira, Bastos, Calado, Artur, José Águas, Arsénio, Moreira, Palmeiro, Fialho, Ângelo, Vieira, António Manuel, Gato, Rosa, Zézinho, Sebastião, Félix,  Salvador, Rosário, Mário Rui, Gonzaga

TREINADOR

RIBEIRO DOS REIS

MELHOR MARCADOR

JOSÉ ÁGUAS - 25 GOLOS

RESULTADOS



PRESIDENTE

JOAQUIM FERREIRA BOGALHO

CURIOSIDADES

A 28 de Fevereiro de 1954, o Sport Lisboa e Benfica celebrou as bodas de Ouro (50 anos)

CRÓNICA DA ÉPOCA


1954 viu o Sporting tornar-se o primeiro clube português a conquistar quatro campeonatos seguidos, um feito de tal dimensão que teriamos de esperar pelos anos 90 para ver outro clube igualar - e depois superar - o feito. Seria só em 1997/98, que o FC Porto bateu o recorde que os leões conquistaram nos anos 50. 

Um recorde que erroneamente é atribuído aos «Cinco Violinos», quando na equipa campeã de 1953/54 já não jogavam nem Fernando Peyroteo, nem Jesus Correia, e o próprio Albano só já participou em três encontros.

A verdade é que a vitória não foi tão fácil como a classificação final pode deixar pensar. Quando a um terço do campeonato o Sporting seguia em quarto lugar a três pontos do líder Belenenses, poucos podiam acreditar que o leão chegaria a um histórico tetra campeonato.

Mas a partir da 11.ª jornada os verde e brancos começaram a vencer jornada após jornada, acabando por conquistar o campeonato com mais sete pontos que os portistas e 11 que o Benfica, conquistando com todo o mérito o sétimo campeonato em oito edições, somando apenas só três derrotas no trajeto vencedor: Antas, Salésias e Tapadinha.

DIVERSOS