segunda-feira, 1 de agosto de 2016

GRANDES NOMES

MELO



João Carlos da Conceição Melo
 03 / 09 / 1944





Guarda-redes de baixa estatura ( 1,70 m ), ficou negativamente "marcado" num célebre Benfica - Sporting que os "leões" venceram por 4 - 2 e em pleno Estádio da Luz. Decorria a época de 1965 / 66 e Lourenço apontou os quatro golos da equipa de Alvalade. Infelizmente, esse jogo ditou a "sorte" de Melo no Benfica. Mais tarde ingressaria na Académica. José Henrique, seu "rival" na equipa de juniores, viria a cotar-se como um dos melhores guarda-redes da história do Benfica.

Em 1961, fez parte da selecção portuguesa ( suplente de Rui do Porto ) que venceu o Torneio Internacional de Juniores da UEFA ( actual Campeonato da Europa de sub-19 ) e que se disputou no nosso país.



No ano seguinte, a competição desenrolou-se na Roménia. Devido aos três empates obtidos, Portugal não conseguiu atingir as meias-finais, mas Melo ( sem sofrer um único golo ) foi eleito o melhor guarda-redes da competição.



Na época 1962 / 63, ainda na fase de qualificação, num grupo que também contava com as presenças da Grécia e da França, Portugal seria eliminado pelo sistema de moeda ao ar ( os gauleses foram os beneficiados por esta autêntica lotaria ).

Efectuou pelo Benfica 4 jogos a contar para a Taça dos Campeões Europeus e todos eles na época de 1965 / 66.



  
Época 1965 / 1966
Da esquerda para a direita:
De Pé : Germano, Cavém, Cruz, Raúl, Augusto Silva e MELO.
Agachados : José Augusto, Eusébio, Torres, Coluna e Simões.