segunda-feira, 25 de julho de 2016

GRANDES NOMES

SERRA



Manuel Francisco Serra, nasceu a 6 de Novembro de 1935 em Lisboa. Já falecido

Jogou 6 épocas no Benfica, entre 56/57 e 61/62, realizando 146 jogos - 99 a defesa direito - e marcando 1 golo.

Começou nos juniores do Clube, na época de 54/55.

Estreou-se na equipa principal sob o comando técnico de Otto Glória, a 17/02/57, num jogo amigável realizado na Tapadinha, frente ao Belenenses.

Manteve-se como titular até ao final dessa temporada, na posição de defesa central. Foi ainda Otto Glória que, na época de 58/59, o passou para defesa direito.

E foi nesta posição que revelou toda a sua categoria. Jogador de grande abnegação. Era magnífico no corte e na recuperação da bola. As suas exibições caracterizavam-se pelo estoicismo que evidenciava em campo.



Revelando sempre grande serenidade, acorria com facilidade às dobras. Integrava-se também na manobra do ataque, ou não tivesse ele começado no futebol como médio.

Béla Guttmann manteve-o a defesa direito. Em 59/60, foi um dos jogadores mais influentes na conquista do Campeonato Nacional, que deu acesso à campanha europeia de 60/61.

Aos bons dotes técnicos que possuía, aliava um forte espírito lutador. Uma clavícula fracturada, nas Antas, contra o FC Porto, a um mês da primeira final da Taça dos Campeões Europeus, retirou-lhe a possibilidade de consagração no jogo decisivo, ele que fora fundamental na fase eliminatória.

Foi Bicampeão Europeu e ajudou o Benfica a conquistar 3 Campeonatos Nacionais e 3 Taças de Portugal.




Época 1961 / 62
Da esquerda para a direita:
De Pé : SERRA, Germano, Humberto Fernandes, Cruz, Neto e Costa Pereira.
Agachados: José Augusto, Santana, Águas, Coluna e Simões.


I