quinta-feira, 7 de julho de 2016

ÉPOCA DE 1993/94

PLANTEL


Rui Costa, João Pinto, Vitor Paneira, Neno, Helder, Mozer, Isaias, Rui àguas, Ailton, Abel Xavier, Schwartz, Veloso, Yuran, Kulkov, César Brito, Kenedy, Abel Silva, William, Hernâni, Silvino, Pedro Henriques, Nuno Afonso, Paulo Santos, Mostovoi

TREINADOR

TONI

MELHOR MARCADOR

JOÃO PINTO - 18 GOLOS

RESULTADOS


CRÓNICA DA ÉPOCA

Foi um Verão agitado o que antecedeu o Campeonato de 1993/94. Paulo Sousa e Pacheco aceitaram o convite do Presidente leonino Sousa Cintra e trocaram a Luz por Alvalade. Os leões estiveram muito perto de conseguir também a contratação de João Vieira Bento, mas o Benfica segurou a jóia da sua coroa in-extremis.

Comandados por Bobby Robson e com uma equipa jovem mas recheada de jovens valores os leões eram sérios candidatos a quebrar o jejum. As primeiras jornadas confirmaram isso mesmo sendo preciso esperar pela 7ª jornada para ver o Sporting perder um ponto com um empate em Barcelos.

Na 9ª Jornada os leões já levavam a companhia de benfiquistas e axadrezados na liderança, mas na semana seguinte uma vitória do FC Porto em Alvalade (0x1) num jogo em que Bobby Robson se queixava que os portistas só tinham feito um remate, abriu o caminho para uma jornada de doidos onde o Boavista perdeu e o Benfica foi goleado em Setúbal (5x2): 10 jornadas, 4 equipas empatadas no primeiro lugar com 15 pontos.

O Boavista foi o primeiro a despegar, depois foi o FC Porto até que o Sporting despede Bobby Robson em vésperas da visita à Luz.
Num estádio cheio os benfiquistas vencem por 2x1 os comandados de Carlos Queirós... Pinto da Costa atento como sempre, pouco depois contrata o técnico inglês.

O campeonato segue numa luta a dois depois da derrota dos dragões na Luz. O Sporting vai-se aproximando novamente até que perde nas Antas à 27ª jornada e volta a ficar a dois pontos.

Um novo deslize encarnado, com o Estrela em casa, deixa os leões a um ponto em vésperas do derby da segunda circular.
Perante um Estádio José de Alvalade cheio, a esperança era mais verde que nunca, mas a cada golo do Sporting, João Pinto, com uma exibição de antologia, respondia com outro golo.

Ao intervalo os benfiquistas já venciam por 2x3, no final humilhavam o eterno rival com um 3x6 que fez história. O Sporting perdeu gás e ainda foi acabar em terceiro atrás do Porto de Bobby Robson... O Benfica, comandado por Toni, recuperava a hegemonia do futebol nacional, após dois anos de domínio portista.


CURIOSIDADES


Uma época que começou com o "Verão Quente". Paulo Sousa e Pacheco são raptados pelo Sporting e por um pouco também não ia João Pinto. 

video

O Benfica começava a entrar na crise e já nesta época ninguém era capaz de apostar no glorioso. Para calar muita gente, acabou por ser campeão e chegar às meias-finais da Taça das Taças onde foi eliminado a 15 minutos do fim pelo Parma.
Mas o que ficou na retina de qualquer adepto foram dois jogos de grande brilho protagonizados pelo clube da luz:

1º- Foi a 16 de Março de 1994. O Benfica disputava a 2ª mão dos quartos-final da Taça das Taças na Alemanha contra o Bayern de Leverkusen. Depois de ter empatado a um golo em Lisboa, muita gente dizia que só por milagre o Benfica passaria à próxima ronda....
Aos 57' os encarnados sofriam o segundo golo, mas as camisolas berrantes deram a volta ao resultado em 20 minutos. Abel Xavier marcou aos 58', João Pinto empatou aos 59' e Kulkov adianta os encarnados aos 77'. Quando tudo parecia resolvido, eis que os alemães marcam 2 golos num minuto (80' e 81) e colocam o Leverkusen a vencer por 4-3. O jogo estava de loucos e para provar isso, o benfiquista Kulkov volta a empatar o jogo aos 85'.
Como já não havia pernas nas duas equipas, o resultado assim ficou.

2º- A "vingança" dos "7-1" concretizou-se 8 anos depois.

A quatro jornadas do fim, o Sporting estava a um ponto do Benfica, jogava bem, marcava golos, era uma máquina... ao contrário do Benfica que jogava mal, vencia jogos sabe-se lá Deus como e mais uma data de coisas, e para felicidade dos Sportinguistas o Rui Costa não jogava de início. Vitória fácil pensavam eles.
Com um começo empolgante, os verdes e brancos marcam o primeiro golo aos 8' por Figo. Já se cantava "campeões" no estádio quando João Pinto marca um golão do meio da rua à passagem da meia hora. Cadete ainda voltou a dar a vantagem aos leões aos 35', mas aos 37', enquanto a claque leonina cantava "e quem não salta é lampião", João Pinto tratou de os sentar e fez o 2-2. Quase na altura de irem descansar uns 15 minutos, o mesmo João Pinto voltou a marcar aos 44', levando o Benfica para o Intervalo a vencer por 3-2 e levando muitos sportinguistas a começarem a tomar as suas primeiras "aspirinas".
Para a 2ª parte estava guardado o baile. Isaías aumentou para 4-2 aos 48', a passe de João Pinto. Aos 57', depois de um nó do outro mundo de João Pinto a Paulo Sousa (o tal que tinha fugido do Benfica), Isaías faz os 5-2 para os encarnados. Para alegria dos adeptos benfiquistas presentes, aos 74', Vítor Paneira tratou de dar três nós a três jogadores do Sporting (o tal que fugiu também levou um) e ofereceu o golo ao defesa central(!) Hélder. Estava feito o 6-2. O Sporting ainda reduziu para 6-3, na marcação de um penalty.
Em mar verde, a festa foi vermelha! Mais um campeonato para o sapatinho.
João Pinto, o grande artista, foi o primeiro jogador a levar nota 10 no jornal "A'bola" em toda a sua história.

VIDEOS DA ÉPOCA


DOCUMENTÁRIO SOBRE A ÉPOCA

CAMPEONATO NACIONAL


SPORTING 3 - BENFICA 6


GIL VICENTE 0 - BENFICA 3


SETUBAL 5 - BENFICA 2


BENFICA 2 - SPORTING 1


PORTO 3 - BENFICA 3


BENFICA 2 - PORTO 0


BRAGA 0 - BENFICA 2


BOAVISTA 1 - BENFICA 0


BENFICA 3 - BOAVISTA 1


MARITIMO 1 - BENFICA 1


FARENSE 0 - BENFICA 0


BENFICA 1 - ESTORIL 1

video

BEIRA MAR 1 - BENFICA 1

video

BENFICA 2 - BRAGA 0

video

PAÇOS FERREIRA 1 - BENFICA 2

video

BENFICA 3 - BELENENSES 0

video

GUIMARÃES 1 - BENFICA 2

video

ESTORIL 0 - BENFICA 3

video

BENFICA 1 - BEIRA MAR 0

video

BENFICA 8 - FAMALICÃO 0

video

BENFICA 2 - PAÇOS FERREIRA 1

video

BENFICA 1 - UNIÃO MADEIRA 0

video


TAÇA DE PORTUGAL

BELENENSES 2 - BENFICA 1




SUPERTAÇA

BENFICA 1 - PORTO 0 (1ª MÃO)


PORTO 1 - BENFICA 0 (2ª MÃO)




TAÇA DAS TAÇAS

BENFICA 1 - KATOWICE 0


KATOWICE 1 - BENFICA 1

video

BENFICA 3 - CSKA 1


BENFICA 1 - BAYER LEVERKUSEN 1

video

BAYER LEVERKUSEN 4 - BENFICA 4


BENFICA 2 - PARMA 1


PARMA 1 - BENFICA 0

video