domingo, 31 de julho de 2016

GRANDES NOMES

ALBINO


Albino 
(02/11/1912 - 25/02/93)


Dedicação e esforço

Defendeu as cores do Benfica durante 13 épocas, entre 32/33 e 44/45, marcando 25 golos em 462 jogos, tendo alinhado 371 vezes a médio centro. Começou nas categorias inferiores do Clube, fazendo o primeiro jogo pelos "infantis", em 29/30 (na época o equivalente aos juniores actuais).



Estreou-se na equipa principal em 26/12/32, no campo do Raio, em Braga, frente à selecção desta cidade. O treinador benfiquista era, então, Ribeiro dos Reis. Albino, o "Tempero", como era conhecido, foi um jogador de genica.

1941/42. Campeões Nacionais. De cima para baixo. 
Da esquerda para a direita. Alcobia, Galvão, Martins, Gaspar Pinto, Freire, 
César Ferreira, Albino (capitão até derrota 0-5 com Sporting CP 
para o Campeonato de Lisboa), Francisco Ferreira e Janos Biri (treinador); 
Manuel Costa, Nelo Barros, Francisco Rodrigues, Joaquim Teixeira e Valadas




Magrizela e de aparência frágil, entregava-se à luta por completo, nunca virando a cara, numa altura em que a posição de médio centro era a de maior responsabilidade. Albino era o fulcro de todas as operações de defesa e de ataque, um jogador que percorria todo o campo, sem uma quebra, sem um desfalecimento.

1932/33. Vencedores do Campeonato de Lisboa
De cima para baixo. Da esquerda para a direita. Pedro Conceição
 (morreu nas bancadas do Estádio da Luz, trinta anos depois, 
em 10 de Abril de 1960, durante um emotivo dérbi com 4-3 como vitória), 
Vítor Silva (capitão), Augusto Dinis, Rogério Sousa, Eugénio Salvador, 
Luís Xavier, João Correia e João Oliveira; Albino, Manuel Oliveira e 
Francisco Gatinho. Treinador: António Ribeiro dos Reis


Foi o atleta que melhor interpretou a mística do Benfica. No início da sua carreira, ocupou o lugar de médio direito (75 jogos), mas, depois da época 35/36, Lippo Herczka colocou-o a médio centro, posto em que se destacou.



Internacional em 10 jogos, ajudou o Benfica a conquistar 2 Campeonatos de Lisboa, 6 Campeonatos Nacionais (3 da I Liga e 3 da I Divisão), 1 Campeonato de Portugal e 3 Taças de Portugal, tendo jogado a final do Campeonato de Portugal e 2 finais da Taça.